"1billionhungry" (um bilhão com FOME)

Posted Posted by Daniela Sousa in Comments 4 comentários


 O pão nosso de cada dia está entre as maiores incertezas da humanidade que nos leva a conviver com a contradição: fartura x miséria alimentar. De acordo com a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) cerca de 1 bilhão de pessoas sofrem com a situação de fome no mundo. É importante ressaltar que essa fome não se trata do instinto, mas sim do fato de que este instinto não está sendo satisfeito. E devido a isso, venho aqui lembrar que continua a petição online global contra a fome, lançada pela FAO, pedindo que as pessoas fiquem furiosas com o fato que cerca de um bilhão de pessoas no mundo vivem com fome. 
O projeto 1billionhungry insta os governos ter como principal prioridade a erradicação da fome e tem o apoio de diversas organizações da sociedade civil, entre elas o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional. “É uma grande injustiça que mais de um bilhão de pessoas tenham que dormir todas as noites com fome e nós agradecemos o foco e compromisso da FAO com essa questão”, disse Kátia Maia. 

Se você também está envergonhado com essa doença social Clique aqui para assinar a petição global e espalhe também pelos sítios Web de mídias sociais como Facebook, Twitter e outros.

Fonte: FAO Brasil.


4 comentários:

Aline disse...

É muito chato pensar que tanta gente no mundo não tenha o que comer, enquanto outras desperdiçam irracionalmente. É importante assinar a petição global da FAO para que possamos abrir os olhos do governo para a situação de fome no mundo.

Lis disse...

Adoreiii o blog, mas eu quero muito ler algum texto postado pela Adriele =)
A propósito, deixei uma mensagem para ela no Formspring, tenho certeza que ela irá gostar, assim que li, lembrei dela.
Beijos

Daniela Sousa disse...

Lis, obrigada pela visita!
Tenho certeza que em breve Adriele estará postando.
Abraços!!

Gilberto disse...

Adorei o blog. Parabéns.
Pode ter certeza que esarei sempre passando por aqui.
Abraços!

Postar um comentário

Obrigado pela colaboração!